Centro de Excelência do HFF inaugurado em Queluz

As crianças e jovens que apresentem distúrbios de comportamento têm um novo espaço de diagnóstico e terapia ao seu dispor. Aberta num espaço renovado pela Câmara Municipal de Sintra, no Centro de Saúde de Queluz, a nova Unidade de Psiquiatria da Infância e Adolescência do Hospital Fernando da Fonseca é assim uma valência de excelência para crianças e ovéns dos concelhos de Sintra e Amadora.

Disponíveis ficam assim salas de consulta, espaços de terapia e locais de atendimento para os mais novos, onde, com a discrição que as suas patologias exigem, passam a ter um acompanhamento mais eficaz por parte dos técnicos e médicos do Hospital Fernando Fonseca.

O espaço mereceu uma inauguração oficial liderada pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes e da secretária de Estado da Saúde, Rosa Matos. A cerimónia decorreu em simultâneo com a inauguração do novo Centro de Saúde de Queluz que vai funcionar num espaço cedido pela Câmara Municipal de Sintra.

Neste novo equipamento estão ainda instaladas, para além da Unidade de Psiquiatria da Infância e da Adolescência do Hospital Fernando Fonseca, a Unidade de Saúde Familiar (USF) D. Maria I

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) de Sintra passa a ter em funcionamento quinze USF, nove Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados, cinco Unidades de Cuidados na Comunidade, uma Unidade de Saúde Pública e uma Unidade de Recursos Assistenciais Partilhados.

Centro de Excelência do HFF

A Unidade de Psiquiatria da Infância e Adolescência do HFF, agora inaugurada no primeiro piso do Centro de Saúde de Queluz, representa um modelo de boas práticas em saúde mental ao oferecer respostas terapêuticas diferenciadas num espaço que pretende ser de ligação do hospital à comunidade e aos cuidados de saúde primários e acessível à população.

Neste espaço funciona uma equipa multidisciplinar constituída por três pedopsiquiatras, dois psicólogos clínicos, um enfermeiro, um assistente social, um psicomotricista e um terapeuta ocupacional que asseguram intervenções terapêuticas dirigidas a crianças e adolescentes com problemas de saúde mental e suas famílias.

As novas instalações incluem gabinetes de consulta e uma área de dia, com sala de psicomotricidade e de terapia ocupacional onde se desenvolvem terapias individuais e de grupo, e que pretende oferecer um ambiente tranquilizador e afectivo para as crianças e jovens bem como experiências promotoras do seu crescimento e desenvolvimento. O espaço foi equipado com o apoio da Fundação Gulbenkian, que ajudou a torná-lo acolhedor e confortável para as nossas famílias e do LIDL com a doação de equipamentos eletrónicos.

A população servida pelo Hospital Fernando Fonseca inclui cerca de 76.000 crianças e jovens do concelho da Amadora e de uma parte do concelho de Sintra e contamos com vários parceiros de relevo na comunidade como os ACES, as Câmaras Municipais, as escolas, as CPCJ e ECJ e várias IPSS e projectos comunitários que apoiam as nossas crianças e famílias.

A Psiquiatria do HFF assume um papel de responsabilidade no tratamento dos problemas emocionais e comportamentais graves em crianças e jovens, mas também na promoção e prevenção da saúde mental, de que é exemplo o Programa Semente – Promoção da Saúde Mental nos filhos de pessoas com doença psiquiátrica – desenvolvido de forma integrada pela Psiquiatria de adultos e da infância e adolescência do HFF com o apoio dos EEA Grants.

A criação desta Unidade de Pedopsiquiatria, um sonho há muito desejado pelo hospital e pela comunidade, foi possível graças ao contributo de várias instituições, com destaque para a Câmara Municipal de Sintra, os EEA Grants e a Fundação Calouste Gulbenkian.

Apesar de trabalharmos com situações complexas e com crianças que viveram histórias de vida difíceis, acreditamos que podemos fazer diferença e que elas têm a possibilidade e o direito de crescer e fazer percursos saudáveis.