Doenças da tiroide, saiba como reconhecer os sintomas

A tiroide é uma glândula localizada na zona do pescoço com uma função crucial para o corpo humano.

Muitas vezes silenciosas e com sintomas pouco específicos, as doenças da tiroide podem demorar algum tempo até serem diagnosticadas, atrasando o início do tratamento.

Caso não sejam tratadas, as patologias podem ter consequências graves.

Por se tratar de uma glândula de secreção endócrina, a tiroide consegue libertar hormonas tiroideias (T3 e T4) para a corrente sanguínea, podendo ocorrer de forma excessiva ou deficiente.

Seja por excesso ou por defeito, o mau funcionamento da tiroide é capaz de dominar o corpo, dando origem a sintomas como cansaço, indisposição, stress ou alterações no peso. Estes podem ser sinais claros que a tiroide precisa de uma atenção redobrada.

Os nódulos, o hipotiroidismo (produção insuficiente de hormonas) e o hipertiroidismo (produção excessiva de hormonas) são as patologias mais comuns.

 Nódulos:

São “caroços” que aparecem frequentemente no interior da glândula, ou seja, são grupos de células que crescem anormalmente. Podem também surgir quistos – cavidades cheias de líquido ou então inchaços provocados por inflamação da tiroide.
Entre os fatores que podem contribuir o seu aparecimento, incluem-se:

  • Carência de iodo
  • Alterações genéticas
  • Inflamação da tiroide
  • Exposição a radiações na infância

A maioria dos nódulos da tiroide não provoca sintomas. Assim, muitas vezes, são identificados numa visita médica ou exame de imagem de rotina, frequentemente uma ecografia.

Hipertiroidismo:

O hipertiroidismo é uma doença que resulta do excesso de hormonas tiroideias em circulação, habitualmente produzidas na tiroide. Podem provocar um conjunto alargado de sintomas com diferentes graus de gravidade.

Os mais comuns são:

  • Ansiedade e irritabilidade
  • Cansaço, particularmente muscular (braços, coxas, dificuldade em levantar objetos ou subir escadas)
  • Tremores
  • Palpitações
  • Sudação
  • Emagrecimento
  • Alterações menstruais, no caso do sexo feminino.

Hipotiroidismo

Trata-se de uma disfunção da glândula tiroide que resulta da produção insuficiente de hormonas tiroideias. Estas regulam o metabolismo celular, intervindo na frequência cardíaca, tensão arterial e temperatura corporal. A sua carência pode afetar todas as funções orgânicas, daí a necessidade de estar particularmente atento aos seus sintomas:

  • Cansaço
  • Intolerância ao frio
  • Obstipação
  • Aumento de peso
  • Perda de cabelo
  • Secura e espessamento da pele
  • Dificuldade de concentração ou memorização (podendo ser confundido com quadros clínicos de demência)
  • Formigueiro e sentem dor nas mãos.
  • Na mulher, também podem aparecer alterações menstruais

Esteja atento a todos os sintomas enunciados e marque uma consulta com o seu médico se os detetar. Cuide da sua Saúde!