Proteja-se e escape à gripe neste inverno

Proteja-se e escape à gripe neste invernoNariz entupido, espirros, lenços de papel, tosse, dores de cabeça e frio. Estes sintomas lembram-lhe alguma coisa? O inverno, as gripes e as constipações.

Tente escapar à doença característica desta altura do ano, com algumas recomendações publicadas pela Direção Geral de Saúde.

Vacinação

A vacinação contra a gripe é a principal medida de prevenção e tem como objetivo proteger as pessoas mais vulneráveis, prevenindo a doença e as suas complicações, por vezes graves.

A vacina é recomendada a pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, doentes crónicos, grávidas, profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, entre outros) e prestadores de cuidados (por exp. pessoas que trabalham em lares de idosos) e está disponível, gratuitamente, nos centros de saúde para alguns dos grupos de risco.

A vacina pode ser adquirida, sob prescrição médica, nas farmácias pelas pessoas não abrangidas pela vacinação gratuita, que beneficiam de uma comparticipação de 37%.

Alimentação

Nesta altura em que o frio e a chuva não dão tréguas é também recomendada a ingestão de líquidos e sopas para manter o corpo hidratado e, no exterior, cuidado redobrado com as quedas, uma vez que o piso se encontra escorregadio.

Habitações

A DGS recomenda que as casas se mantenham quentes e que haja uma verificação dos equipamentos de aquecimento e nos casos de lareiras, braseiras, salamandras ou aquecimentos a gás, que exista uma ventilação das divisões da casa, uma vez que a acumulação de gases pode causar intoxicação ou morte.

Medicação

Para as pessoas com problemas de saúde, é recomendada a toma de medicamentos de acordo com a indicação médica, não sendo aconselhada a automedicação, principalmente no que respeita aos antibióticos.

Contacto social

Para prevenir as infeções respiratórias, para além da vacinação, são essenciais a higiene das mãos, a etiqueta respiratória, em que se deve tossir ou espirrar para um lenço descartável ou para o antebraço, e no caso de estar infetado evitar o contacto próximo com outras pessoas.

Se sentir alguns sintomas gripais, a DGS pede que não se dirija de imediato para uma urgência hospitalar, devendo antes ligar para a Linha Saúde 24 pelo 808 24 24 24.