Grávidas e Mamãs

Saiba o que trazer para a maternidade, consulte folheto informativo

“Nascer Cidadão – Registo de Nascimento e pedido do Cartão de Cidadão

O projeto «Nascer Cidadão» é uma das medidas constantes do Programa SIMPLEX do Ministério da Justiça e permite a realização do registo de nascimento em locais diferentes da conservatória. O Balcão Nascer Cidadão no Hospital, que tinha sido temporariamente suspenso em virtude das medidas de contingência para prevenção e contenção da infeção por COVID-19, foi reativado no dia 27/08/2021, estando novamente em funcionamento.

Objetivos:

  • Simplificar atos de registo civil relacionados com o nascimento;
  • Facilitar a vida quotidiana dos cidadãos no exercício dos seus direitos e no cumprimento das suas obrigações;
  • Contribuir para a racionalização e eficiência da Administração Pública, promovendo maior partilha de meios e informação entre serviços e a organização do trabalho em rede.

Os hospitais foram considerados um lugar privilegiado para assegurar o registo imediato das crianças logo após o nascimento.

No Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, EPE, os pais podem registar o seu bebé, logo após o nascimento, no 3º piso do Serviço de Obstetrícia, no seguinte horário:

  • Segunda a Sexta-Feira: 14h00 às 17h00

O registo é um ato gratuito. Para registar o bebé basta comparecer um dos pais, no caso de serem casados, com os respetivos documentos de identificação; não sendo casados, é necessário comparecerem ambos.

Se o pai estiver ausente, a mãe pode registar o bebé sozinha, e o pai, quando possível, vai perfilhá-lo à conservatória.

Pode escolher a naturalidade do seu bebé entre a freguesia do hospital e a freguesia da residência da mãe.

Poderá efetuar o registo do seu bebé no Hospital até ao momento da alta, ou mais tarde, através do serviço “Nascimento Online”, no portal da justiça – registar nascimento online – https://justica.gov.pt/Servicos/Registar-nascimento, ou em qualquer conservatória do registo civil.

No serviço “Nascimento Online”, disponibilizado pelo Instituto de Registos e Notariado, os pais podem prestar a declaração de nascimento, que constitui base do registo de nascimento, e pedir o cartão de cidadão do seu bebé, sem ter de se deslocar a uma conservatória.

Sono tranquilo, sono seguro! Consulte folheto informativo

A consulta de amamentação foi criada para facilitar o acesso à informação e proporcionar apoio qualificado à mãe/casal/família que apresente dúvidas ou dificuldades, sendo o acompanhamento realizado por conselheiros em aleitamento materno. O objectivo é combater o desmame precoce e contribuir para o crescimento saudável da criança, ultrapassando as diferentes dificuldades e escolhas que se colocam a cada mãe e bebé.

Na consulta de amamentação:

  • Identificamos e esclarecemos dúvidas para evitar/diminuir as dificuldades associadas à amamentação
  • Promovemos o desenvolvimento das capacidades maternas e devolvemos a confiança à mãe/casal/família
  • Observamos as mamadas para aconselhar sobre a técnica de amamentação/sinais de boa pega
  • Apoiamos as mães que amamentam no regresso ao trabalho
  • Orientamos as mães para os recursos disponíveis na comunidade.

A consulta de amamentação funciona no Serviço de Consultas Externa de Obstetrícia, às segundas, quartas e sextas-feira, das 13h00 às 15h00, segundo marcação prévia (agendar através do contacto telefónico 214348308).

Se for identificada uma necessidade de apoio à amamentação durante o internamento será referenciada para esta consulta e indicada a data e a hora da consulta no momento da alta.

Na véspera ou no dia da consulta será contactada para confirmar a sua presença.

Outros contactos disponíveis para apoio ao Aleitamento Materno:

Serviço de Obstetrícia – 214 348 407

Núcleo de Aleitamento Materno do HFF, através do email aleitamentomaterno@hff.min-saude.pt

Linha de Apoio “Vamos dar de Mamar”  

dardemamarsim@ajudademae.pt

Apoio telefónico e presencial gratuito- 961 488 816

Facebook Dar de Mamar Ajudademae

vamosdardemamar.org

Linha de apoio SOS Amamentação  

Apoio telefónico e presencial voluntário- 213 880 915

Whatsapp 915 340 900/962 974 915 sosamamentação.org

Centro de Saúde da área de residência 

 

Cordão Umbilical – Preparação para a parentilidade

 

O Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca disponibiliza, a partir de junho de 2022, cursos de preparação para o parto e parentalidade online.

Os Cursos de Preparação para o Parto e Parentalidade, organizados por Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstétrica, têm como objetivos: “…desenvolver a confiança e promover competências na grávida/casal/família para a vivência da gravidez, parto e transição para a parentalidade, incentivando o desenvolvimento de capacidades interativas e precoces da relação mãe/pai/filho.” (DGS, 2020). Pretendemos, com o apoio de uma vasta equipa multidisciplinar, permitir aos casais/família que se sintam confiantes, quer emocional quer fisicamente, para experienciarem o parto e encararem esta nova etapa de vida, de forma harmoniosa, através da partilha de sessões teóricas e práticas e esclarecimento de dúvidas, medos e receios.
Destinatários: Grávidas/ Casal/ Família
Duração: 12 sessões, em livestreaming, 2 vezes por semana, 120 minutos cada sessão
Horário: terças e quintas-feiras, 10h-12h
Início: entre as 24 e as 28 semanas de gestação
Formadores: Enfermeiros Especialistas de Saúde Materna e Obstétrica, Enfermeiros Especialistas em Reabilitação, Obstetras, Anestesistas, Pediatras, Psicólogos e Assistentes Socias
Temáticas: relacionadas com a gravidez, trabalho de parto, amamentação, cuidados à mãe e bebé, direitos sociais
Gratuito
Inscrições obrigatórias, através do e-mail: cpn@hff.min-saude.pt ou presencialmente no secretariado do Serviço de Urgência Obstétrica e Ginecológica. Após a seleção das inscrições, será contactado via telefónica.

 

Sessões de Preparação da Alta – “Alta… E agora?”

 

No internamento de Obstetrícia, a equipa de enfermagem realiza ensinos personalizados com vista à preparação para a alta à puérpera e família, promovendo a sua autonomia nos cuidados à mãe e bebé. Realiza também sessões de educação para a saúde “Alta… E agora?” às utentes internadas, às segundas, quartas e sextas-feiras,  que são momentos de partilha de ensinos sobre cuidados à mãe e bebé, amamentação, legislação da parentalidade, métodos contraceptivos, consultas a realizar no Centro de Saúde e apoios na comunidade que dão respostas às necessidades que surgem no período pós-parto. Esclarece também dúvidas e receios individuais e colectivos que surgem nesta nova etapa de vida, bem como fornece informação sobre documentos importantes como a Declaração de Nascimento, Boletim individual de Saúde e Boletim de vacinas.