1º Prémio da Sociedade Europeia de Doenças Infeciosas atribuída a Médica Interna do HFF

18 Abril, 2019

Maria João Lopes, médica Interna de Infecciologia do Hospital Fernando Fonseca, Médica Interna do 4º Ano, recebeu o prémio em Amsterdão, no congresso que ali foi organizado  este mês pela Sociedade Europeia de Doenças Infecciosas e Microbiologia Clínica.

Foi distinguida com o 1º Prémio da Sociedade Europeia de Doenças Infecciosas pelo seu trabalho “extraordinário no âmbito das doenças infecciosas”.

Embora no inicio de uma promissora carreira em Medicina, a Dra. Maria Joao Lopes tem já no seu currículo múltiplas acções na prevenção e combate às doenças infecciosas. Primeiro, como voluntária em Moçambique e Cabo Verde, a “nossa” Interna viu ainda os seus méritos reconhecidos através da atribuição de uma Bolsa de três meses na Tanzânia e Uganda – bolsa essa atribuída pela Escola Superior de Medicina e Higiene Tropical de Londres.

Master em Medicina Tropical, a Dra. Maria João Lopes desenvolveu uma tese sobre Doenças Tropicais Negligenciadas, assentando o seu estudo sobretudo na realidade da Guiné Bissau.

Garante de um futuro eficaz para o Serviço de Infecciologia do Hospital Fernando Fonseca, dirigido pela Dra. Patrícia Pacheco, a Maria João Lopes é, parafraseando um destacado clínico do nosso hospital, o resultado de um investimento sério do HFF na formação de jovens clínicos: ”Sabemos a qualidade das pessoas que formamos, mas quando é merecidamente reconhecida a nível Europeu é uma honra para a Instituição”.

Parabéns Doutora Maria João Lopes. Bem-vinda à nossa casa