Interna do Serviço de Gastrenterologia ganha Bolsa de Oncologia Digestiva

24 Maio, 2022

Prestes a iniciar o último ano do Internato de Formação Específica em Gastrenterologia no Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF), Maria Ana Rafael, 30 anos, natural e residente em Lisboa, acaba de conquistar a atribuição de uma Bolsa pela Sociedade Europeia de Oncologia Digestiva (ESDO).

A menos de duas semanas de partir para Roterdão, Holanda, onde irá realizar o estágio de Oncologia Digestiva no Erasmus Medical Center, com duração de 15 dias, a jovem interna assume-se entusiasmada e feliz por “mais um passo” e “reconhecimento” na carreira médica, que vem construindo.

“Vou conhecer um Centro de Referência para o tratamento de doenças oncológicas do trato digestivo, de modo a perceber quais e como estão a ser feitos os procedimentos de rastreio, diagnóstico e terapêutica mais recentes. O objetivo deste estágio não é praticar as técnicas, mas sim ver como atua um centro de referência muito prestigiado na Europa”, explica, frisando que “a professora que me vai orientar é autora de várias das nossas guidelines de endoscopia.”

Profissional interessada e apaixonada por esta especialidade, Maria Ana Rafael está empenhada em aprender e beneficiar ao máximo da experiência que agora se aproxima.

“A ideia é observar o funcionamento deste centro e estabelecer ligação com Gastrenterologistas reconhecidos internacionalmente. Pretendo contactar com novas técnicas diagnósticas e terapêuticas (tanto curativas como paliativas) na Oncologia Digestiva, com o intuito de poder trazer estas novas modalidades para o nosso hospital”, disse.

Esta é, considera Maria Ana Rafael, uma oportunidade única “para aprender e a longo prazo melhorar os cuidados prestados pelo nosso Serviço de Gastrenterologia, que muito tem inovado nos últimos anos, sendo já um dos poucos em Portugal a fazer certos procedimentos endoscópicos avançados”.