Dar sangue é um ato salva-vidas 

28 Novembro, 2022
Conscientes da importância de dar sangue e da diferença que este ato benévolo pode fazer na vida de quem mais precisa, os/as colaboradores/as do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF) abraçam esta causa e ajudam a salvar vidas.

Rita Paixão Barradas, técnica de Diagnóstico e Terapêutica do Serviço Medicina Física e de Reabilitação do HFF, dá sangue entre duas a três vezes por ano, e afirma: “Sou dadora de sangue porque considero importante ajudar a colmatar esta necessidade transversal a toda a população.” 

A quem ainda não é dador, a fisioterapeuta deixa uma mensagem: “Dar sangue é fácil. É um processo rápido e praticamente indolor.” 

Junte-se a esta causa! Faça a sua dádiva!