Dia Nacional da Saúde Sexual – Webinar organizado pelo Serviço de Obstetrícia do HFF

6 Setembro, 2021

Assinalou-se no passado sábado, dia 4 de setembro, o Dia Nacional da Saúde Sexual. Portugal é o primeiro país em todo o mundo a instituir oficialmente um Dia Nacional da Saúde Sexual, que se celebra pela primeira vez este ano. Esta decisão do parlamento português veio reconhecer no seu quadro legislativo nacional a saúde e os direitos sexuais como uma prioridade.

Ter saúde sexual é viver com os seus direitos sexuais respeitados. A comemoração deste Dia surgiu na sequência da instituição e celebração desde 2010 do Dia Mundial da Saúde Sexual por parte da Associação Mundial de Saúde Sexual.

Para assinalar este primeiro Dia Nacional da Saúde Sexual o Serviço de Obstetrícia do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF) decidiu promover um Webinar comemorativo, que decorreu no dia 3 de setembro, tendo contado com cerca de 130 participantes em simultâneo ao longo da manhã (num total de 210 inscrições). Esta conferência digital sobre a saúde sexual foi enriquecida com o contributo de diversos profissionais de saúde especialistas do HFF, de outras instituições de saúde nacionais e contou também com a presença da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro.

Assim, os vários temas em análise, com recurso a especialistas consagrados nesta área, são a garantia de que todos os que assistiram e participaram neste evento ficaram melhor consciencializados e preparados para uma abordagem sistematizada ao tema. A mesa de honra – composta pela médica e diretora do Departamento da Mulher do HFF, Antónia Nazaré, enfermeiro-diretor do HFF, Rui Santos, e pela enfermeira-chefe do Serviço de Obstetrícia e Ginecologia do HFF, Antonieta Mendes da Silva – salientou a multiculturalidade existente no HFF como o principal desafio à prestação de cuidados em particular nesta área em debate. Por sua vez, a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro fez uma reflexão e apresentação onde focou o caminho percorrido a nível nacional no que concerne aos direitos e saúde sexual.

Ao longo da manhã, foram vários os temas em debate por peritos de diversas áreas desde a enfermagem, fisioterapia, psicologia, serviço social e terapia sexual. Os temas abordados foram transversais às várias dimensões e etapas de vida do ser humano.

Destacam-se como ideias principais:

  • A importância da relação do casal focada na afetividade;
  • A necessidade de afastar o tabu existente em torno da sexualidade, na prestação de cuidados, e contemplar esta dimensão e o impacto que a mesma pode ter no bem-estar e qualidade de vida;
  • A gravidez continua a ser para muitas mulheres um momento de descoberta e de exploração de aspetos até aí desconhecidos sobre a sua intimidade em geral;
  • A necessidade de articulação entre diversas áreas de cuidados de saúde para proporcionar uma melhor reabilitação de complicações do pós-parto;
  • A sexualidade é transversal a todas as idades, apesar da sociedade apresentar uma tendência de assexuar os idosos;
  • A educação sexual compreensiva é um conceito central e fundamental para a promoção da saúde sexual nas camadas jovens da sociedade, mostrando que não basta a informação estar ao dispor, mas assentando na premissa que é necessário compreender e utilizar a informação para a tomada de decisão consciente;
  • É fundamental consciencializar a sociedade civil e de prestadores de cuidados que as pessoas das mais diversas orientações e diversidades sexuais enfrentam algumas barreiras no acesso aos cuidados de saúde, importando ressalvar que as pessoas LGBTI apresentam uma taxa de suicídio superior face às heterossexuais;
  • Os direitos sexuais têm percorrido um caminho relevante no sentido de permitir a vivência de uma saúde sexual digna, respeitosa e segura.

A comissão organizadora deste webinar deixa um profundo agradecimento a todos os preletores e participantes. Foi um evento extraordinariamente rico em partilhas de conhecimento, reflexões, análise e discussão de temas relevantes no contexto da prestação de cuidados de saúde, da promoção da saúde e da prevenção da doença na área da saúde sexual.