Escola de Reanimação do HFF forma mais de 300 colaboradores do Hospital  

21 Fevereiro, 2022

A Escola de Reanimação do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF), um projeto pioneiro em Portugal, realizou 23 cursos de reanimação cardiorrespiratória em 2021. No total, 310 colaboradores do HFF aprenderam a intervir em situações de paragem cardíaca e em emergências cardiorrespiratórias, em contexto de adultos ou em bebés e crianças em estado crítico.

O primeiro curso deste ano, dirigido ao Internato Médico, realizou-se nos dias 19 e 20 de fevereiro.  Até ao final de 2022 estão previstas 24 formações (suporte básico de vida; suporte avançado de vida; suporte avançado de vida pediátrico e suporte básico de vida não clínico).

Pedro Nunes, coordenador da Escola de Reanimação do HFF, refere que “estes cursos recriam cenários clínicos simulados, que estimulam a participação, treinando todas as técnicas chave individualmente, em equipa e como líderes de equipa”.

A Escola de Reanimação do HFF funciona desde 2014 e está integrada na Unidade de Formação e Ensino do Hospital, possuindo autonomia pedagógica para lecionar os seus conteúdos formativos e assegurando acreditação nacional pelo INEM e internacional pela AHA – American Heart Association. É neste momento, uma das poucas instituições do serviço nacional de saúde, a proporcionar formação acreditada e regular a todos os seus colaboradores.

O sucesso da reanimação cardiorrespiratória (RCR) que ocorre dentro de uma instituição hospitalar depende do diagnóstico rápido e correto, e de uma atuação em conformidade com a situação. A formação e treino dos profissionais de saúde para o reconhecimento de situações de paragem cardiorrespiratória ou peri-paragem são fundamentais para garantir a recuperação dos nossos pacientes com qualidade e em segurança, e desde sempre, constituiu um dos principais pilares organizativos do HFF.