Exercicio Cascade ’19 – Exercicio Europeu de Proteção Civil 2019

31 Maio, 2019

Um cenário de sismo para testar Proteção Civil no Concelho da Amadora com integração do apoio do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca

O Hospital Fernando Fonseca participou no maior exercício europeu de protecção civil até hoje realizado em Portugal. No cenário que ficticiamente foi criado e justificou a intervenção dos profissionais do HFF, um sismo ocorrido na área da Grande Lisboa, baseado no cenário real de 1969, justificou uma intervenção na Escola Secundária da Amadora e “provocou” cerca de 50 vítimas entre alunos, professores e assistentes.

Designado por  , o exercício foi organizado pela Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil, em colaboração com a Direcção-Geral da Autoridade Marítima.

O exercício decorreu em mais de 60 diferentes cenários e, no Município da Amadora o quadro do sinistro foi: No dia 29 de Maio, pelas 14 e 30 horas, regista-se um sismo. Soa o alarme da Escola Secundária da Amadora com o colapso de dois edifícios de salas de aula. Sob os escombros e na imediação do sinistro mais de 500 pessoas são afectadas.

No total, foram 27 os alunos que deram entrada no nosso Hospital com as mais variadas queixas clínicas em função dos “ferimentos sofridos” e foram assistidos com as regras estabelecidas no Plano de Catástrofe do Hospital

O Conselho de Administração enaltece a disponibilidade e empenho dos Profissionais de Saúde do HFF para testar a capacidade de atuação num cenário de catástrofe natural como esta. Tudo não passando de um exercício, é de salientar a prontidão dos nossos profissionais para acolher as vítimas deste “acontecimento extraordinário” que, naturalmente, era susceptível de causar alguns constrangimentos na nossa Urgência.

Ficou provado que, “mesmo em simulacro”, o Hospital Fernando Fonseca empenha todos os seus meios para responder a uma situação de crise. Desta vez, as crianças assistidas apenas precisaram de um lanche para retemperar o seu papel de figurantes neste exercício.

Missão cumprida em boa Coordenação Nacional e Local sob a Supervisão da Protecção Civil da Amadora