Mês da sensibilização para os Maus-Tratos sobre Crianças e Jovens

30 Abril, 2021

A Equipa do Núcleo Hospitalar de Apoio à Criança e Jovem em Risco do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (NHACJR-HFF) assinalou o “Mês da sensibilização para os Maus-Tratos sobre Crianças e Jovens”. Durante o mês de abril, que agora termina, esta equipa procurou alertar todos os profissionais do HFF, bem como a comunidade, para a pesada realidade dos Maus-Tratos a Crianças e Jovens.

A dimensão deste problema é significativa: o ano passado o HFF sinalizou 298 situações de Maus-Tratos a Crianças e apenas durante este mês de abril de 2021 esse número foi de 39 casos. Esta é a realidade diária que o NHACJR pretende combater e para a qual pede a ajuda de todos!

Foram várias as iniciativas que o NHACJR desenvolvidas:

– disponibilização de alertas sobre os maus-tratos nos ambientes (ecrãs) dos computadores de trabalho de todos os profissionais do HFF forma a chamar à atenção que “BRINCAR É APRENDER”;

– nas salas de espera do serviço de pediatria foram disponibilizados vídeos nas televisões e posters informativos sobre os direitos das crianças e jovens, a sua salvaguarda e alertas para os maus-tratos;

– também nas salas de espera, apareceram os já reconhecidos “laços azuis” para que os profissionais e as famílias nunca se esqueçam desta problemática;

– a equipa do NHACJR realizou três ações de formação dirigidas aos profissionais do HFF sobre: abordagem prática do Mau-Trato na Urgência Pediátrica, Abuso Físico e Abuso Sexual.

Para Helena Almeida, médica pediatra e coordenadora do NHACJR a melhor notícia do mês de abril “foi termos finalizado o “Curso de Salvaguarda” – desenvolvido com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, que ficará disponível para todos os profissionais do HFF e em que expomos os principais conceitos da Proteção a Crianças e Jovens e a Sinalização de Maus-Tratos, para que todos possamos cumprir a nossa obrigação como cidadãos – sinalizar os maus-tratos”. A responsável deixou também uma palavra de agradecimento a todos os profissionais que integram o NHACJR “pela inexcedível dedicação, companheirismo e entusiasmo de todos pelo trabalho que têm desenvolvido em prol do bem-estar das crianças e jovens”. Por fim gostaria de deixar um agradecimento especial a todos os que “ouvem e abrem os olhos perante situações suspeitas assim como um desafio: quem ainda não o fez aceda ao curso, são apenas 20 minutos, de uma aprendizagem muito importante”, refere Helena Almeida.

Pode aceder à formação aqui.