Profissionais do Serviço de Pediatria põem o chapéu pelos Cuidados Paliativos Pediátricos

26 Outubro, 2022

“Pôr o chapéu pelos Cuidados Paliativos Pediátricos” (Hats On for Children’s Palliative Care 2022) é o nome da iniciativa internacional que foi levada a cabo pelas/os profissionais de saúde e educadoras do Serviço de Pediatria do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF). Neste dia, várias e vários colaboradoras e colaboradores puseram o chapéu e tiraram uma fotografia por uma causa: alertar para a necessidade dos Cuidados Paliativos Pediátricos serem acessíveis a todas as crianças.

Rute Sequeira, enfermeira graduada do Serviço de Pediatria, que dinamizou esta ação, assinalada mundialmente, na segunda sexta-feira do mês de outubro, afirma que “os Cuidados Paliativos Pediátricos são um direito fundamental e universal das crianças com doença crónica complexa, limitante e ameaçadora de vida e suas famílias”.

E explica: “Esta iniciativa foi criada em 2016 pela International Children’s Palliative Care Network, uma organização que promove os Cuidados Paliativos Pediátricos, a nível mundial. Desde essa data que colocamos o chapéu por todas as crianças com necessidades de Cuidados Paliativos. Este ano, desafiámos as educadoras a criar a moldura e os chapéus, em conjunto com as crianças da pediatria.”

Constituída em outubro de 2017, a Equipa de Suporte Integrado Pediátrico (ESIP) do HFF é formada por médicas e médicos, enfermeiras e enfermeiros, psicóloga, assistente social e fisioterapeuta. Rute Sequeira, que também integra esta equipa, refere: “A sua principal missão é prestar cuidados holísticos e proativos a recém-nascidos, crianças, e jovens com doença crónica complexa e suas famílias, com a finalidade de alcançar a melhor qualidade de vida para todos.”