Saúde Ocupacional: Porquê? Como? Para quem?

31 Janeiro, 2024

Desde longa data se reconheceu que as características das condições de trabalho são suscetíveis de afetar, a médio ou a longo prazo, a saúde dos/as trabalhadores/as. Deste modo, a Saúde Ocupacional desenvolveu-se com a finalidade de fomentar e manter o nível mais elevado de bem-estar físico, mental e social dos/as trabalhadores/as, prevenir os danos para a sua saúde emergentes das condições de trabalho, colocando o trabalhador em posto de trabalho compatível com as suas aptidões psicológicas e fisiológicas.

Neste âmbito surge a Lei 102/2009, de 10 de Setembro que visa a prevenção e promoção da saúde no local de trabalho, com ambientes de trabalho seguros e saudáveis.

O Serviço de Saúde Ocupacional (SSO) da ULS Amadora/Sintra tem a modalidade de serviço interno no âmbito de Segurança e Saúde do Trabalho sendo a sua população alvo todos/as os/as trabalhadores/as dos diversos grupos profissionais, que exerçam as suas funções sob subordinação hierárquica ao Conselho de Administração da ULS Amadora/Sintra.

Á Medicina do Trabalho, assegurada por médicos/as com a Especialidade de Medicina do Trabalho, junta-se a Segurança do Trabalho, assegurada por Técnicos/as devidamente especializados na avaliação dos riscos no local do trabalho que, em conjunto com Enfermeiros/as do Trabalho, constituem uma equipa multidisciplinar que integra o Serviço de Saúde Ocupacional. O SSO detém natureza multidisciplinar e idoneidade formativa, competindo-lhe desenvolver atividades eminentemente preventivas, relacionadas com fatores extrínsecos e intrínsecos que influenciem positivamente a qualidade de vida e segurança dos/as profissionais:

  • Realização de exames de saúde (admissão, periódicos e ocasionais);
  • Programas de Vacinação;
  • Avaliação de Riscos e de Postos de Trabalho;
  • Análise, vigilância e prevenção dos Acidentes de Trabalho;
  • Análise e vigilância das Doenças Profissionais;
  • Formação e Informação dos/as trabalhadores/as.

A Saúde Ocupacional desempenha um papel fundamental na promoção da saúde e bem-estar dos/as colaboradores/as. Ao realizar exames de saúde regulares dos/as colaboradores/as e avaliar os locais de trabalho, a Saúde Ocupacional consegue identificar precocemente potenciais problemas de saúde antes do seu agravamento, dos quais se podem destacar as lesões musculosqueléticas (lombalgias e tendinites) e a exposição a fatores de risco psicossociais que podem levar a condições como o burnout e a depressão. Esta atividade desempenha um papel vital na implementação de medidas preventivas, como seja a ergonomia adequada nos locais de trabalho, a promoção do exercício físico e formações que visem a prevenção da exposição a fatores de risco inerentes à atividade, entre outras.

A prevenção eficaz destes problemas não só melhora a qualidade de vida dos/as trabalhadores/as, mas também contribui significativamente para a prevenção do absentismo e das doenças profissionais, aumento da produtividade e melhor desempenho geral da instituição. Trabalhadores/as saudáveis e satisfeitos/as estão mais envolvidos nas suas tarefas diárias, têm menor probabilidade de faltar ao trabalho e são mais produtivos, resultando em ambientes de trabalho mais eficientes e positivos.

É uma abordagem completa e complexa que beneficia tanto os/as colaboradores/as como a entidade, criando uma relação de confiança e promovendo o bem-estar a longo prazo no local de trabalho. Neste momento, o SSO da ULS Amadora/Sintra está verdadeiramente empenhado em constituir uma mais-valia para a instituição e seus/suas trabalhadores/as.

A segurança e saúde no trabalho depende de todos/as e cada um de nós!