Arlindo Ferreira fez 84 dádivas de sangue no HFF 

31 Janeiro, 2022

No Serviço de Sangue e Medicina Transfusional (SSMT) do HFF não há quem não conheça e estime Arlindo Ferreira. E não é para menos:  é o dador de sangue mais antigo e com maior número de dádivas feitas no Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF).

Residente em Queluz e nascido em Lisboa, Arlindo Ferreira, de 59 anos, fez, até à presente data, 84 dádivas de sangue no HFF.

“Sou doador de sangue há muito tempo. A primeira vez que doei sangue tinha 18 anos. Já lá vão muitos anos…!”, conta o ex-trabalhador da construção civil.

Dar sangue é um ato nobre que salva-vidas. Consciente disso, Arlindo Ferreira volta “sempre” ao HFF.

“Temos de cuidar uns dos outros. Hoje sou eu a ajudar o próximo, mas amanhã posso ser eu a precisar…”, defende.

A última doação fê-la a 3 de dezembro, uma data muito especial.

“3 de dezembro é o dia do meu aniversário! [risos]. Dar sangue no meu dia de anos é um ritual que mantenho há muito tempo. E, asseguro, nunca falho! Podem confirmar através dos registos”, solta, entre risos.

Junto da família e amigos, Arlindo Ferreira vai repetindo – com afinco e muita esperança – aquela que é a principal mensagem.

“- Vão ao HFF doar sangue, não dói e é muito importante!”.

Dar sangue é seguro. Faça a sua dádiva no SSMT do HFF nos dias úteis, entre as 8h30 e as 15h00, às terças-feiras até às 17h00. Aconselhamos a que faça o agendamento prévio da dádiva de sangue, através do número 214348279, para permitir distanciamento social e cumprimento de todas as regras de segurança.