Dia do Sono do Bebé – HFF lança iniciativa inovadora

1 Março, 2021

Assinala-se hoje, dia 1 de março, o Dia do Sono do Bebé. Esta data foi instituída pelo Pediatric Sleep Council, uma equipa internacional de especialistas em sono pediátrico.

O Dia do Sono do Bebé pretende alertar para a importância de uma boa noite de sono para todas as crianças e respetivas famílias.  Na comemoração deste dia, o Departamento da Criança e do Jovem do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca  (HFF) lança uma iniciativa inovadora: a disponibilização a todos os bebés nascidos no HFF de um endereço de correio eletrónico através do qual podem esclarecer dúvidas relativas ao sono do seu bebé.

Estas mensagens serão respondidas pelos especialistas em sono pediátrico deste departamento do HFF.  Esclareça as suas dúvidas, entre em contato connosco através do email: sonodomeubebe@hff.min-saude.pt

Um bom sono desde o nascimento é condição essencial para um crescimento saudável da criança.

Além disso, quando os bebés dormem bem, os pais descansam melhor. Pais descansados estão de bom humor e espalham felicidade, o que se reflete também nas próprias crianças.

Para Helena Loureiro, Diretora do Serviço de Pediatria do HFF, esta iniciativa “poderá esclarecer dúvidas e assim contribuir para melhorar significativamente a qualidade do sono dos bebés e da respetiva família”. A médica pediatra, especialista em sono, refere ainda que “é muito importante a consciencialização da importância do sono do bebé e das crianças pequenas para um bom crescimento e desenvolvimento, assim como para a estabilidade de toda a família.

Apoiar as famílias que procuram desenvolver hábitos de sono saudáveis ou que apenas querem aprender mais sobre o sono do seu bebé, é o principal objetivo do Dia do Sono do Bebé. Pretende-se fornecer informações abrangentes e baseadas na ciência sobre o sono pediátrico, que estarão assim disponíveis, de forma gratuita, para os pais que sentirem a necessidade da nossa ajuda.

“Esta é também mais uma forma de aproximar o Hospital da comunidade em que nos inserimos para que sintam ainda mais apoio quando nos deixam e têm que lidar com uma nova realidade: cuidar de um bebé”, conclui Helena Loureiro.