“Prémio Científico do HFF” distingue investigadoras/es do Hospital

25 Novembro, 2022

O Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF) entregou o “Prémio Científico do HFF” para as categorias de “Melhor Trabalho de Investigação” e para o “Melhor Caso Clínico”.Os premiados/as foram, respetivamente, Inês Fialho e colaboradores, do Serviço de Cardiologia, pela submissão do projeto “Prognostic Effect of diuretic response in acute heart failure patients”; e João Serôdio e colaboradores, do Serviço de Medicina 4, pelo trabalho “Hepatic Fascioliasis as an important differential diagnosis to cholangiocarcinoma”.

Inês Fialho mostra-se grata e refere que “este prémio é o reconhecimento do trabalho e da dedicação de todos os investigadores envolvidos”. E explica: “Esta investigação pretende avaliar a resposta à terapêutica diurética nos/as doentes com insuficiência cardíaca, uma questão frequente na nossa prática clínica e com implicações práticas na gestão dos/as nossos/as doentes.”

Também Mónica Lopes, interna de Medicina Interna e coautora do caso clínico premiado com João Serôdio, e em sua representação, mostrou o seu contentamento pela distinção recebida, mencionando: “É uma valorização dos projetos que levamos a cabo aqui no hospital”. “O trabalho retrata um caso em que o diagnóstico diferencial alterou, de forma importante, a abordagem e prognóstico do doente”.

Durante a cerimónia da entrega de prémios, pela qual estiveram responsáveis, Ana Valverde, diretora clínica do HFF, presidente do Júri e coordenadora da Unidade de Investigação Clínica, e Diana Sousa Mendes, membro do Júri, coordenadora da Unidade de Formação e Ensino que integram a Academia HFF, referiram que esta é a primeira edição de uma iniciativa que gostariam que perdurasse no tempo.

“Esta edição correu muito bem. Os trabalhos apresentados eram de muita qualidade. Contamos com todos para a edição de 2023, motivem os vossos colegas pois esta é uma forma de contribuírem para a melhoria de todos os grupos profissionais e dos/as nossos/as doentes”, disse Diana Sousa Mendes.

“Agradeço a todos/as os/as colegas de júri e aos/às candidatos/as pelo vosso contributo para a cultura científica no nosso hospital. A atividade científica faz parte do desempenho de um profissional clínico. Os hospitais devem ser um local privilegiado para fazer investigação. Confiamos que esta foi a primeira edição de muitas. Cabe a todos vós continuar com o que foi agora iniciado”, terminou Ana Valverde.

O “Prémio Científico do HFF” é uma iniciativa promovida pela Academia HFF composta pela Unidade de Investigação Clínica e Unidade de Formação e Ensinos do HFF, com objetivo de divulgar os melhores trabalhos científicos efetuados no ano anterior no hospital e de estimular a investigação clínica.