Profissionais do Serviço de Urgência do HFF distinguidos com o Hand Medal Project

23 Julho, 2021

No âmbito no 26º aniversário do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF) foram selecionados diversos profissionais de diferentes áreas e carreiras profissionais, que têm prestado um contributo fundamental no combate à pandemia de COVID-19, para lhes ser prestada uma homenagem inserida na iniciativa Hand Medal Project. O Hand Medal Project é um projeto à escala mundial que pretende homenagear e agradecer aos profissionais de saúde que estão a combater o COVID-19 na primeira linha ou a assegurar a retaguarda neste momento tão difícil.

Um dos homenageados foi o enfermeiro-chefe do Serviço de Urgência Geral (SUG) do HFF, Nuno Falcato. Este profissional recebeu seis medalhas, uma para si e cinco medalhas para entregar a outros tantos colegas cujo trabalho quisesse também reconhecer.
Nuno Falcato decidiu não distinguir ninguém em particular, mas sim as seis equipas de enfermeiros e auxiliares de ação médica do SUG, a equipa permanente e as cinco equipas rotativas. Mas se só recebeu cinco medalhas para entregar a colegas como é que distinguiu seis equipas?
O enfermeiro-chefe decidiu entregar também a sua própria medalha em forma de reconhecimento por todo o profissionalismo, empenho, dedicação, disponibilidade e entrega diária destas equipas do SUG do HFF nestes últimos 16 meses em que o SUG do HFF tem estado a enfrentar esta situação até agora nunca antes vivida da pandemia COVID-19. Um gesto simbólico, mas cheio de significado.

O SUG do HFF é um dos serviços de urgência com mais episódios de atendimento diários a nível nacional, sendo uma das maiores urgências a sul do país. O enfermeiro-chefe Nuno Falcato destaca ainda que “foi necessário reorganizar todo o SUG do HFF no início da pandemia e ir adaptando-o conforme a realidade se ia alterando. Tem sido o desafio das nossas vidas! Mas tem sido claramente ultrapassado, o desafio, com distinção por todos quantos aqui trabalham, não apenas enfermeiros e auxiliares de ação médica, a dedicação de todos tem sido fundamental para a excelente resposta que temos dado nestes últimos 16 meses a esta pandemia”.

O Serviço de Urgência tem sido desde o início desta pandemia a porta de entrada dos doentes COVID, tendo em dezembro do ano passado inaugurado uma nova área – Área Dedicada a Doentes Respiratórios e que só com a ajuda de todos os profissionais do SUG foi possível abrir esta nova área de serviço. “O HFF foi capaz de se adaptar à realidade trazida pela pandemia, proporcionando aos seus utentes cuidados de saúde que têm sido muito relevantes, sendo que tudo isto tem sido sobretudo possível graças ao profissionalismo de um conjunto de alargado de profissionais que todos os dias têm dado o seu melhor, sendo muito gratificante o reconhecimento que lhes tem vindo a ser prestado”, conclui Nuno Falcato.