Serviço de Cardiologia publica em revistas científicas de renome

18 Janeiro, 2022

O Serviço de Cardiologia do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF) tem publicado com muita frequência em revistas científicas nacionais e internacionais de renome, o que demonstra a dinâmica do serviço e o interesse dos seus colaboradores e das suas colaboradoras no desenvolvimento da investigação científica.

A título de exemplo, nos últimos três meses, foram publicados nove artigos científicos, em revistas internacionais de grande qualidade e prestígio. João Bicho Augusto, principal interveniente e dinamizador deste grupo de comunicações, sublinha que o seu grande objetivo é “contribuir para o desenvolvimento da investigação da Cardiologia em particular, mas também das ciências médicas em geral”.

“A Cardiologia é uma especialidade médica de muita ciência e tecnologia, o que implica uma atualização permanente. Eu quero contribuir para esse conhecimento”, afirma o cardiologista.

Segundo refere, é preciso “muita força de vontade” por parte dos profissionais de saúde para conciliar investigação e trabalho clínico, uma vez que não há tempo dedicado à investigação. No entanto, nem a falta de tempo o demove deste seu objetivo e, à data, tem mais três artigos aceites, sendo que o próximo deve ser publicado já em fevereiro.

Quanto aos estudos publicados, nos últimos três meses, nas revistas Nature, Lancet Microbe, Journal of the American Heart Association, JACC Cardiovascular Imaging, Frontiers Cardiovascular Medicine, European Heart Journal Quality Care and Clinical Outcome e Revista Portuguesa de Cardiologia, João Bicho Augusto indica que enquanto algumas das investigações são focadas em Cardiologia, outras incidem sobre temas como a COVID-19.

“Desenvolvi um consórcio internacional, que colabora com vários hospitais e que procura caracterizar a imunidade dos doentes COVID-19. A grande particularidade está no facto de termos sido o primeiro consórcio a fazê-lo e, como estamos na vanguarda, temos tido facilidade em publicar em revistas de alto fator de impacto”, termina.

João Bicho Augusto está a concluir o seu doutoramento no University College London e concilia muitas destas atividades de investigação no âmbito da sua formação académica.